X Terra Ilha Bela: não foi fácil para ninguém…

 

O XTerra de Ilha Bela deste ano não foi fácil para ninguém, nem mesmo para os nossos atletas Henrique Werneck e Ricardo Ferreira.

Werneck, fã da prova, conquistou o terceiro lugar na sua categoria e concedeu uma entrevista para o site EU ATLETA na qual deu seu depoimento sobre sua participação na prova. Segue um breve resumo.

Em 2013, Werneck participou pela primeira vez já imaginando retornar em 2014 baixando seu tempo, mas sabia que, caso chovesse, o desafio seria mais difícil, o que acabou por acontecer.

XTerra_Werneck001_g

A chuva que caiu na semana anterior à competição deixou as trilhas enlameadas e escorregadias. Com 1,5km de natação, 24,5km de ciclismo e 8km de corrida, os trechos que já eram originalmente difíceis de atravessar ficaram ainda pior.

Apesar das distâncias parecerem curtas, tudo muda em função da característica off road. A natação foi o trecho mais tranqüilo.

XTerra_Werneck002_g

Já o ciclismo foi um capítulo à parte. Em alguns momentos da prova, os atletas tiveram que carregar ou empurrar as bicicletas montanha acima, também por culpa da chuva. Quedas e engarrafamentos foram frequentes.

Depois dos 24,5km de ciclismo, veio a corrida. O desgaste causado pela modalidade anterior foi muito grande, e Werneck sofreu mais do que esperava para completar o trecho de 8km.

 

Caí em uma das descidas com a perna direita em cima de uma pedra grande. Segui mancando e resmungando até pegar o ritmo de novo. Achei que conseguiria desenvolver mais no penúltimo trecho, que era plano, mas as pernas não deixaram. Mantive o ritmo até cruzar a linha de chegada.

Trecho da entrevista de Werneck ao EU ATLETA

Werneck ficou feliz com o resultado obtido no XTerra de Ilha Bela mesmo sem reduzir seu tempo em relação ao do ano passado e estará de volta em 2015.