Critérium du Dauphiné 2014

 

Nem Contador, nem Froomey. O novo campeão do Critérium du Dauphiné é o ciclista norte-americano Andrew Talansky. Alberto Contador fechou em segundo, 00’27” atrás do campeão. Froomey ficou com a camisa verde.

 

Campeão geral do Dauphiné

Campeão geral do Dauphiné, Andrew Talansky.

Campeão geral do Dauphiné, Andrew Talansky.

 

Vencedor da última Etapa

Vencedor da última etapa: Mikel Nieve.

Vencedor da última etapa: Mikel Nieve.

 

Classificação geral

 

Classificação geral do Dauphiné.

Classificação geral do Dauphiné.

 

Altimetria da última etapa

Altimetria da última etapa

Altimetria da última etapa

 

Mais informações…

 

História

Critérium du Dauphiné é uma corrida ciclismo de estrada que contém oito etapas, realizada anualmente na região de Dauphiné na França durante a primeira quinzena de junho.

A corrida foi inaugurada em 1947 por um jornal local, o Dauphine Liberé, que deu seu nome ao evento.

O Dauphiné, junto com o Tour de Suisse, é uma corrida importante para os preparativos para o Tour de France em julho, e faz parte do calendário UCI Ranking Mundial.

Como a prova é realizada em uma área montanhosa, os vencedores são muitas vezes especialistas em subida.

Muitas das famosas escaladas do Tour de France – como o Mont Ventoux, o Col du Galibier ou Col de la Chartreuse – aparecem frequentemente no Dauphiné Liberé.

Todos os ciclistas que venceram o Tour de France cinco ou mais vezes também ganharam o Dauphiné Liberé.

 

O primeiro campeão e os recordistas

O primeiro a vencer a prova foi o polonês Edouard Klabinski em 1947.

Nello Lauredi, Luis Ocaña, Charly Mottet e Bernard Hinault detém o recorde do maior número de vitórias, com três conquistas cada um.

 

Esq. p/ dir.: Nello Lauredi, Luis Ocaña, Charly Mottet e Bernard Hinault

Esq. p/ dir.: Nello Lauredi, Luis Ocaña, Charly Mottet e Bernard Hinault

 

As camisas

 

Dauphine_Jerseys

 

Os 10 últimos campeões

Ano Campeão País Equipe
2004 Iban Mayo Espanha Euskaltel-Euskadi
2005 Iñigo Landalue Espanha Euskaltel-Euskadi
2006 Levi Leipheimer EUA Gerolsteiner
2007 Christophe Moreau França AG2R Prévoyance
2008 Alejandro Valverde Espanha Caisse d’Epargne
2009 Alejandro Valverde Espanha Caisse d’Epargne
2010 Janez Brajkovič Slováquia Team RadioShack
2011 Bradley Wiggins Inglaterra Team Sky
2012 Bradley Wiggins Inglaterra Team Sky
2013 Chris Froome Inglaterra Euskaltel-Euskadi

 

O campeão em 2013

Christopher Froome, amém conhecido como Chris Froome, é um ciclista britânico. Atualmene corre na equipe britânica Sky.

Profissional desde 2007, Froome teve um inicio de carreira discreto em África. Em 2008, foi para a equipe Barloworld.

Com o desaparecimento da equipe Barloworld, Froome junta-se ao novo projeto de equipe Sky e os bons resultados começaram a aparecer, sendo segundo nos campeonatos britânicos de contra-relógio atrás do seu colega de equipe Bradley Wiggins.

Em 2011, Froome mostrou o seu verdadeiro potencial na Vuelta. Após ajudar o seu líder Bradley Wiggins a resistir aos ataques de Joaquim Rodríguez, Vincenzo Nibali e de Juan José Cobo, Froome lançou-se ao ataque por diversas vezes, ficando em segundo lugar na classificação final, a apenas 13 segundos do vencedor Juan José Cobo e à frente do seu líder teórico, Bradley Wiggins.

Ele ganhou a etapa 15 do Tour de France 2013, considerada uma das mais míticas escaladas dessa prova com 242,5 km, sendo os últimos 20k com subida continua. No final agarrou-se de imediato a uma máscara de oxigênio.

 

Chris Foome, campeão do Critérium du Dauphiné em 2013

Chris Foome, campeão do Critérium du Dauphiné em 2013

 

A prova em 2014

A 66ª edição da Critérium du Dauphiné, é a principal prova pré-Tour de France. Chris Froome (Sky), campeão do ano passado, vai defender o título, mas terá de enfrentar Alberto Contador (Tinkoff-Saxo) e Vincenzo Nibali (Astana), dois fortes adversários que estão há um bom tempo se preparando para o Tour de France e querem mostrar serviço.

A Dauphiné terá 8 etapas, incluindo a prova de contrarrelógio que abre a disputa. Três etapas devem terminar em sprint e quatro vão levar o pelotão para as montanhas – três delas com final no alto. A 7ª e penúltima etapa é considerada a etapa rainha.

No total, 21 equipes estão na disputa, as 18 Pro Tour mais três convidadas – Cofidis, IAM e Netapp-Endura.

 

Mapa da prova.

Le Parcours.

 

 

Acompanhe o Critérium du Dauphiné-Liberé 2014:

Página Oficial do Critérium du Dauphiné
Cobertura online da prova em 2014